+55 (15) 3266-2000
vendas@ibv.ind.br

VÁLVULA BORBOLETA

VÁLVULA BORBOLETA

Este tipo de válvula são basicamente usadas para regulagem, mas também podem trabalhar como válvula de bloqueio. O fechamento da válvula é feito pela rotação do disco, em torno de um eixo diametral (Haste), perpendicular a direção do escoamento do fluido. As válvulas podem ser do tipo Wafer, Lug e Flangeada, sendo o tipo wafer que é o modelo mais leve, destinado a ser instalado entre dois flanges da tubulação, com os parafusos passando em torno do corpo da válvula. As válvulas com extremidade flangeadas, que são evidentemente mais pesadas, são normalmente empregadas para pressões mais altas e para grande diâmetros, onde a montagem da válvula wafer pode ser difícil.

A maioria das válvulas Borboletas tem anéis sede não-metálicos (PTFE, BUNA N, Viton, Neoprene,etc), com os quais se consegue uma vedação muito boa. As válvulas possuem um punho com catraca na alavanca, permitindo a fixação na posição totalmente aberta e fechada, bem como em posições intermediárias. Existem também válvula com sede metálicas, para serviços mais críticos.

As válvulas borboletas são empregadas principalmente em serviços de baixa pressão, temperaturas moderadas e grande diâmetros, tanto para líquidos alta e baixa viscosidade, gases ,inclusive líquidos sujos ou contendo sólidos em suspensão, bem como para serviço corrosivos.

Características Gerais:

Norma de construção: API 609 Categoria A e B;

Classe de pressão: 150 a 600;

Dimensão: NPS 2” a 48”;

Teste conforme: API 598 / ASME B16.34;

Furação: ASME B16.5, ASME B16.47 e DIN;

Conexão: Wafer, Lug, Flangeada;

Vedação: EPDM, PTFE, RPTFE, Viton e Metal x Metal;

Material: Ferro Nodular, Aço carbono, Aço Liga, Aço inoxidável, Duplex e Super Duplex;

Acionamento: Alavanca, Caixa Redutora e Atuada.