+55 (15) 3266-2000
vendas@ibv.ind.br

VÁLVULA GAVETA PRESSURE SEAL

VÁLVULA GAVETA PRESSURE SEAL

A principal característica da Válvula Gaveta está na sua mínima obstrução a passagem do fluxo, quando totalmente aberta, proporcionando baixa turbulência, com um diferencial de pressão quase insignificante. Isto é possível porque o seu sistema de vedação (Obturador) atua perpendicularmente à linha do fluxo.

Normalmente as Válvulas Gaveta são empregadas em processos onde não são necessárias operações frequentes de abertura e fechamento; o seu manuseio é mais lento, comparado a outros tipos de Válvulas, não sendo aconselháveis para uso em regulagens e estrangulamentos, pois os Obturadores em posições, intermediárias, como também as Sedes, podem sofrer desgastes por erosão, em razão do brusco aumento de velocidade do fluído nessas circunstâncias, proporcionando vibrações e ruídos indesejáveis.

Este tipo de projeto faz com que a pressão da linha atue diretamente na compressão da Junta obtendo a estanqueidade e são empregado em serviços críticos de alta pressão e temperatura, tais como vapor superaquecido, etc. Além da pressão da linha a Junta de Vedação recebe uma compressão através de Prisioneiros ou Porcas para obter a estanqueidade à baixa pressão.

Continue Lendo

VÁLVULA GAVETA APARAFUSADA

VÁLVULA GAVETA APARAFUSADA

A principal característica da Válvula Gaveta Aparafusada está na sua mínima obstrução a passagem do fluxo, quando totalmente aberta, proporcionando baixa turbulência, com um diferencial de pressão quase insignificante. Isto é possível porque o seu sistema de vedação (Obturador) atua perpendicularmente à linha do fluxo.

Normalmente as Válvulas Gaveta são empregadas em processos onde não são necessárias operações frequentes de abertura e fechamento; o seu manuseio é mais lento, comparado a outros tipos de Válvulas, não sendo aconselháveis para uso em regulagens e estrangulamentos, pois os Obturadores em posições, intermediárias, como também as Sedes, podem sofrer desgastes por erosão, em razão do brusco aumento de velocidade do fluído nessas circunstâncias, proporcionando vibrações e ruídos indesejáveis.

Este tipo de Castelo é utilizado em Válvulas que tem a construção mais robusta. Uma Junta de Grafite Flexível com Inserção Metálica para juntas não circulares são utilizadas para classe de pressão 150 ,Junta circular do tipo Espiralada com Grafite Flexível e Espiras Metálicas em 304 ou 316 são usadas para classe de pressão 300 a 1500 (Este tipo de construção o rebaixo mantem a junta confinada com controle máximo de aperto) ou podem ser utilizadas Junta do tipo Anel Metálico Octogonal ou Ovalada (RTJ) para as classes de pressão 600 a 2500.

Continue Lendo

VÁLVULA GLOBO PRESSURE SEAL

VÁLVULA GLOBO PRESSURE SEAL

São normalmente empregadas onde se necessitem operações frequentes, de abertura e fechamento, como também controle de vazão em qualquer graduação. Estas Válvulas são caracterizadas em sua maioria pela forma Globoidal do Corpo.

Permitem uma regulagem eficiente do fluído, com desgastes mínimos por erosão, tanto na Sede como no Obturador, e em contrapartida, oferecem elevada perda de carga em virtude da brusca mudança de direção imposta ao fluído.

Este tipo de projeto faz com que a pressão da linha atue diretamente na compressão da Junta obtendo a estanqueidade e são empregado em serviços críticos de alta pressão e temperatura, tais como vapor superaquecido, etc. Além da pressão da linha a Junta de Vedação recebe uma compressão através de Prisioneiros ou Porcas para obter a estanqueidade à baixa pressão.

Continue Lendo

VÁLVULA RETENÇÃO PORTINHOLA PRESSURE SEAL

VÁLVULA RETENÇÃO PORTINHOLA PRESSURE SEAL

Normalmente apresenta como Obturador um disco (Portinhola) fixo ao extremo de uma Haste Articulada, Pivotada superiormente por um eixo paralelo à Sede da Válvula.

A obstrução do escoamento se dá quando o fluído não apresenta pressão suficiente para manter a Portinhola aberta (tendência de inversão no sentido de escoamento).

Esse tipo construtivo acarreta perda de carga mínima e é recomendado para ser usado em conjunto com Válvulas de Passagem Livre.

Retenção com Portinhola é indicada para operar em linhas de líquidos, gases e vapor, sujeita a pequenas tendências de inversão de sentido do fluxo, visando-se evitar a vibração que tais tendências causariam, durante o escoamento do fluído, a este tipo construtivo.

Não se recomenda para fluxos pulsantes e / ou com alta velocidade de escoamento.

Este tipo de projeto faz com que a pressão da linha atue diretamente na compressão da Junta obtendo a estanqueidade e são empregado em serviços críticos de alta pressão e temperatura, tais como vapor superaquecido, etc. Além da pressão da linha a Junta de Vedação recebe uma compressão através de Prisioneiros ou Porcas para obter a estanqueidade à baixa pressão.

Continue Lendo

VÁLVULA GLOBO APARAFUSADA

VÁLVULA GLOBO APARAFUSADA

São normalmente empregadas onde se necessitem operações frequentes, de abertura e fechamento, como também controle de vazão em qualquer graduação. Estas Válvulas são caracterizadas em sua maioria pela forma Globoidal do Corpo.

Permitem uma regulagem eficiente do fluído, com desgastes mínimos por erosão, tanto na Sede como no Obturador, e em contrapartida, oferecem elevada perda de carga em virtude da brusca mudança de direção imposta ao fluído.

Este tipo de Castelo é utilizado em Válvulas que tem a construção mais robusta. Junta circular do tipo Espiralada com Grafite Flexível e Espiras Metálicas em 304 ou 316 são usadas para classe de pressão 150 a 1500 (Este tipo de construção o rebaixo mantem a junta confinada com controle máximo de aperto) ou podem ser utilizadas Junta do tipo Anel Metálico Octogonal ou Ovalada (RTJ) para as classes de pressão 600 a 2500.

Continue Lendo

VÁLVULA RETENÇÃO APARAFUSADA

VÁLVULA RETENÇÃO PORTINHOLA APARAFUSADA

Normalmente apresenta como Obturador um disco (Portinhola) fixo ao extremo de uma Haste Articulada, Pivotada superiormente por um eixo paralelo à Sede da Válvula.

A obstrução do escoamento se dá quando o fluído não apresenta pressão suficiente para manter a Portinhola aberta (tendência de inversão no sentido de escoamento).

Esse tipo construtivo acarreta perda de carga mínima e é recomendado para ser usado em conjunto com Válvulas de Passagem Livre.

Retenção com Portinhola é indicada para operar em linhas de líquidos, gases e vapor saturado, sujeita a pequenas tendências de inversão de sentido do fluxo, visando-se evitar a vibração que tais tendências causariam, durante o escoamento do fluído, a este tipo construtivo.

Não se recomenda para fluxos pulsantes e / ou com alta velocidade de escoamento.

A Tampa Aparafusada é utilizado em Válvulas que tem a construção mais robusta. Junta circular do tipo Espiralada com Grafite Flexível e Espiras Metálicas em 304 ou 316 são usadas para classe de pressão 150 a 1500 (Este tipo de construção o rebaixo mantem a junta confinada com controle máximo de aperto) ou podem ser utilizadas Junta do tipo Anel Metálico Octogonal ou Ovalada (RTJ) para as classes de pressão 600 a 2500.

Continue Lendo

VÁLVULA ESFERA

VÁLVULA ESFERA

Este tipo de Válvula normalmente é utilizada para bloqueio em linhas de uso geral, sendo caracterizada pela forma esférica do elemento de vedação.

A Válvula Esfera é basicamente uma adaptação ou derivação da Válvula Macho.

Ao invés de ser usado um Macho com formato cônico ou cilíndrico, é usada uma Esfera com orifício. Esta gira entre Sedes resilientes ou metálicas. Caracteriza-se também pela sua rapidez na operação. É necessário apenas um quarto de volta para se operar este tipo de Válvula.

Oferece ótima estanqueidade, mesmo em alta pressão e, perda de carga quase desprezível (quando construída com Passagem Plena).

A Válvula Esfera não é recomendada para serviços de regulagem de fluxo, devido a geometria do seu Obturador (Esfera). As válvulas esfera de controle possuem uma característica especial do obturador (esfera).

Continue Lendo

VÁLVULA BORBOLETA

VÁLVULA BORBOLETA

Este tipo de válvula são basicamente usadas para regulagem, mas também podem trabalhar como válvula de bloqueio. O fechamento da válvula é feito pela rotação do disco, em torno de um eixo diametral (Haste), perpendicular a direção do escoamento do fluido. As válvulas podem ser do tipo Wafer, Lug e Flangeada, sendo o tipo wafer que é o modelo mais leve, destinado a ser instalado entre dois flanges da tubulação, com os parafusos passando em torno do corpo da válvula. As válvulas com extremidade flangeadas, que são evidentemente mais pesadas, são normalmente empregadas para pressões mais altas e para grande diâmetros, onde a montagem da válvula wafer pode ser difícil.

A maioria das válvulas Borboletas tem anéis sede não-metálicos (PTFE, BUNA N, Viton, Neoprene,etc), com os quais se consegue uma vedação muito boa. As válvulas possuem um punho com catraca na alavanca, permitindo a fixação na posição totalmente aberta e fechada, bem como em posições intermediárias. Existem também válvula com sede metálicas, para serviços mais críticos.

As válvulas borboletas são empregadas principalmente em serviços de baixa pressão, temperaturas moderadas e grande diâmetros, tanto para líquidos alta e baixa viscosidade, gases ,inclusive líquidos sujos ou contendo sólidos em suspensão, bem como para serviço corrosivos.

Continue Lendo